Existem diversos tipos de alergias, intolerâncias e hipersensibilidades alimentares, dificilmente o paciente consegue identificar a real causa sem auxílio de um profissional especializado. As alergias imediatas (ocorre em apenas 2% dos casos) são mais fáceis de diagnosticar,  pois ao entrar em contato com o alérgeno o paciente já começa a sentir os sintomas, coceira, falta de ar, vermelhidão, dor, dentre outros. Porém, as alergias tardias (ocorre em 98% dos casos) são mais complexas e exigem investigação minuciosa, pois podem ter suas reações iniciadas de 2 horas a 21 dias após contato com o alérgeno. As alergias tardias são as principais causadoras de doenças inflamatórias não transmissíveis na atualidade.

Diversos são os sintomas das alergias alimentares, os principais são: enxaqueca, insônia, suor noturno, coceira, cansaço excessivo, diarreia, prisão de ventre, corrimentos vaginais, candidíase, infecção urinária recorrente, além de outros. Após análise criteriosa dos exames bioquímicos (na visão da nutrição funcional), bem como a identificação das causas e consequências, iniciarei um tratamento individualizado visando reestabelecer o estado geral do paciente. Tudo isso através da alimentação, modificação de hábitos, suplementos individualizados (se necessário), dentre outras estratégias nutricionais.